06 outubro 2009

Glossário para Grupos Geradores = E->K

Eficiência (EFF)
Eficiência é a relação entre a saída e a entrada de energia, como a relação entre a entrada de energia elétrica de um motor e a saída de energia mecânica no eixo do motor.


Elevação
Elevação refere-se à quantidade pela qual a voltagem ou freqüência excedem o valor nominal à medida que o regulador de voltagem ou o governador respondem a mudanças de carga.


Energia
A energia ocorre na forma de eletricidade, calor, luz e a força capaz de realizar trabalho. Ela pode ser convertida de uma forma a outra, como em um grupo gerador, que converte a energia mecânica em energia elétrica. As unidades de energia são kW/hora, BTU (British Thermal Unit = Unidade Térmica Britânica), Hp/hora, pé/lbf, joule e caloria.


Enrolamentos de Amortecimento
Os enrolamentos de amortecimento de um gerador de CA síncrono são os condutores inseridos nas faces dos pólos do rotor. Eles são conectados entre si nas duas extremidades dos pólos através de anéis. Sua função é amortecer as oscilações da forma de onda durante as mudanças de carga.


Entrada de Serviço
A entrada de serviço é o ponto por onde o serviço da rede elétrica pública entra na instalação. Em sistemas de baixa voltagem, o neutro é aterrado na entrada de serviço.


Escala dB/dB(A)
A escala logarítmica de decibel (dB) usada em medições de níveis de sons. Os medidores de níveis de sons geralmente têm várias escalas de decibéis (A, B, C). A escala A, dB(A), é a mais comum para medir a intensidade de ruídos produzidos por grupos geradores.


Estator
O estator é a parte estacionária de um gerador ou motor. Veja Induzido. Excitador Excitador é um dispositivo que fornece corrente contínua (CC) às bobinas de campo de um gerador síncrono, produzindo o fluxo magnético necessário para induzir a voltagem de saída nas bobinas do induzido (estator). Veja Campo.


Faixa de Oitavas
Em medições de pressão do som (usando-se um analisador de faixa de oitavas), as faixas de oitavas são as oito divisões do espectro de freqüência do som medido, onde a freqüência mais alta de cada faixa é duas vezes maior que sua freqüência mais baixa. As faixas de oitavas são especificadas por suas freqüências de centro,
geralmente: 63, 125, 250, 500, 1.000, 2.000, 4.000 e 8.000 Hz (ciclos por segundo).


Falha
Qualquer fluxo não pretendido de corrente fora do caminho do circuito pretendido em um sistema elétrico.


Fase
Fase refere-se aos enrolamentos de um gerador de CA. Em um gerador de três fases (trifásico) há três enrolamentos, geralmente designados por AB- C, R-S-T ou U-V-W. As fases têm uma diferença de fase de 120 graus entre si. Isto é, os instantes nos quais as voltagens das três fases passam pelo ponto zero ou alcançam seus valores máximos estão separados em 120 graus, onde um ciclo completo é considerado 360 graus. Um gerador de uma fase (monofásico) tem um enrolamento somente.


Fator de Carga
O fator de carga é a relação entre a carga média e a classificação de potência do grupo gerador.


Fator de Demanda
O fator de demanda é a razão entre a carga atual e a carga total conectada à voltagem.


Fator de Desvio
É o desvio instantâneo máximo, em %, da voltagem do gerador de uma forma de onda senoidal real de mesmo valor RMS e freqüência.


Fator de Influência Telefônica (TIF)
Os harmônicos mais altos de uma forma de onda de voltagem de um gerador podem causar efeitos indesejáveis nas comunicações telefônicas quando as linhas de energia estão em paralelo com as linhas telefônicas. O fator de influência telefônica é calculado pelo quadrado dos valores RMS das séries de harmônicos fundamental e não-triplo, somando-os e então extraindo-se a raiz quadrada da soma. A razão entre este valor e o valor RMS da onda de voltagem sem carga é chamada TIF Equilibrado. A razão entre este valor e o valor RMS multiplicado por 3 da voltagem fase-neutro sem carga é chamada RIF de Componente Residual.


Fator de Potência (FP)
As indutâncias e capacitâncias em circuitos de CA fazem com que o ponto pelo qual a onda de voltagem passa pelo ponto zero seja diferente do ponto pelo qual a onda de corrente passa pelo ponto zero. Quando a onda de corrente precede a onda de voltagem, o resultado é um fator de potência adiantado, como no caso de cargas capacitivas ou motores síncronos superexcitados. Quando a onda de voltagem precede a onda de corrente, o resultado é um fator de potência atrasado. Geralmente, este é o caso. O fator de potência expressa a extensão na qual o zero da voltagem é diferente do zero da corrente. Com um ciclo completo de 360 graus, a diferença entre os pontos zero pode ser expressa como um ângulo. O fator de potência é calculado como o co-seno do ângulo entre os pontos zero e é expresso como fração decimal (0,8) ou como porcentagem (80%). É a razão entre kW e kVA. Em outras palavras: kW = kVA x FP.


Fator de Potência Adiantado
O fator de potência adiantado em circuitos de CA (0.0 a -1.0) é causado por cargas capacitivas ou motores síncronos superexcitados que fazem a corrente adiantar-se em relação à voltagem. Veja Fator de Potência.


Fator de Potência Atrasado
O fator de potência atrasado em circuitos de CA (um fator de potência menor que 1.0) é causado por cargas indutivas, como motores e transformadores, que fazem a corrente atrasar em relação à voltagem. Veja Fator de Potência.


Fator de Serviço
O fator de serviço é um multiplicador que é aplicado à classificação de potência nominal de um motor para indicar um aumento na saída de energia (capacidade de sobrecarga) que o motor é capaz de fornecer sob certas condições.


Fora de Fase
Fora de fase refere-se correntes ou voltagens alternadas de mesma freqüência que não passam por seus pontos zero ao mesmo tempo.


Freqüência
Freqüência é o número de ciclos completos por unidade de tempo de qualquer quantidade que varia periodicamente, como voltagem ou corrente alternada. É geralmente expressa em Hertz (Hz) ou ciclos por segundo (CPS).


Fusível Limitador de Corrente
Um fusível limitador de corrente é um dispositivo de acionamento rápido que, quando interrompe correntes em sua faixa de limitação, reduz significativamente a intensidade da corrente, geralmente em meio ciclo.


Gerador
Um gerador é uma máquina que converte energia mecânica rotativa em energia elétrica. Veja Gerador de CA.


Gerador de CA
Gerador de CA é o termo preferido para se referir a um gerador que produz corrente alternada (CA). Veja Alternador e Gerador.


Gerador de Ímã Permanente (PMG)
Um gerador de ímã permanente é um gerador cujo campo é um ímã permanente em vez de um eletroímã (campo induzido). Usado para gerar energia de excitação para alternadores excitados separadamente.


Governador
A governador é um dispositivo do motor que controla o combustível para manter uma rotação constante do motor sob várias condições de carga. O governador deve ser capaz de ajustar a rotação (freqüência do gerador) e o corte de rotação (condição sem carga à condição de carga plena).


Harmônicos
Harmônicos são componentes de voltagem ou corrente que operam em múltiplos inteiros da freqüência fundamental de um sistema de energia (50 ou 60 Hertz). As correntes de harmônicos produzem distorções na forma de onda de voltagem em relação à forma puramente senoidal.


Hertz (Hz)
O termo Hertz é a designação preferida para ciclos por segundo (CPS).


Induzido
O induzido de um gerador de CA é o conjunto de enrolamentos e partes de núcleo metálico na qual a voltagem de saída é induzida. É a parte estacionária (estator) de um gerador de campo rotativo.


Isolamento
O isolamento é um material não condutor usado para evitar fuga de corrente elétrica de um condutor. Existem várias classes de isolamento para a fabricação de geradores, cada uma reconhecida por sua temperatura máxima de serviço contínuo.


Jerk
Taxa de mudança da aceleração. Geralmente usada como medida do desempenho em sistemas de elevadores.


kVA (Quilo-Volt-Ampère)
kVA é um termo que classifica dispositivos elétricos. A classificação kVA de um dispositivo é igual ao produto entre sua saída nominal, emampères, e sua voltagem de operação nominal. No caso de grupos geradores trifásicos, kVA é a classificação de saída de kW dividida por 0,8, o fator de potência nominal. KVA é a soma vetorial da potência ativa (kW) e da potência reativa (kVAR) que flui num circuito.


kVAR (Quilo-Volt-Ampères Reativo)
KVAR é o produto entre a voltagem e a
amperagem necessárias para excitar circuitos indutivos. Está associado à potência reativa que flui entre os enrolamentos de geradores em paralelo e entre enrolamentos de geradores e cargas que fornecem correntes magnetizadoras para a operação de transformadores, motores e outras cargas eletromagnéticas. A potência reativa não aplica carga sobre o motor do grupo gerador mas limita termicamente o gerador.


kW (Quilo-Watt)
KW é um termo usado para classificar a potência de dispositivos e equipamentos elétricos. Nos EUA, os grupos geradores são classificados em kW. KW, às vezes chamada de potência ativa, aplica cargas ao motor de um grupo gerador.


kW/h (Quilo-Watt-hora)
É a unidade de energia elétrica. É equivalente a um kW de energia elétrica fornecida em uma hora.


Veja tambem
A->D
M->R
S->Z


Bookmark and Share

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário